Segundo pesquisa 47% dos britânicos gostariam de outro referendo

O jornal “The Guardian” divulgou uma pesquisa que foi realizada e que mostrou que 47% dos britânicos, gostariam de que houvesse outro referendo para tratar sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE). Outros 34% dos britânicos são contrários à abertura das discussões sobre o Brexit.

Sem contar com os indecisos, foram 58% dos britânicos que gostariam de um outro referendo e 42% são contra, segundo os dados apurados na pesquisa que foi feita pela empresa ICM.

Notícias revelam que os resultados apontados pela pesquisa mostram que existem cidadãos, que gostariam que houvesse outra oportunidade de perguntar novamente aos britânicos favoráveis de ambos os lados da questão, se eles desejam que o Reino Unido permaneça fazendo parte do bloco europeu, como também aqueles que desejam a sua saída do bloco.

De acordo ainda com a ICM, mesmo os britânicos que votariam pelo Brexit, cerca de 25% deles, gostariam de que houvesse um outro referendo, logo depois que o governo através da sua primeira-ministra Theresa May, conseguir firmar um acordo com a capital belga, sobre as condições da futura ligação entre as partes interessadas.

Representantes britânicos esperam fazer um acordo amplo com a União Europeia, para que o Reino Unido permaneça fazendo todos os seus negócios com os menores impedimentos possíveis com os países que fazem parte da União Europeia, mesmo depois da sua saída oficial do bloco, marcado para o dia 29 de março de 2019.

Quando foi realizado o referendo para tratar sobre o Brexit em junho de 2016, ele venceu depois que 51,9% das pessoas que votaram, optaram  pela saída do Reino Unido do bloco europeu.

Mas no final do ano passado, no mês de dezembro, a Câmara dos Comuns sancionou uma emenda que irá impor ao governo, submeter ao consentimento do Parlamento o acordo, que a primeira-ministra do partido conservador britânico, Theresa May, fechar em Bruxelas para conseguir realizar todas as providências estabelecidas nas discussões com a União Europeia.