Pesquisadores descobrem evidência da presença de água líquida em Marte

Notícias da existência de água em Marte já se espalharam em todo o mundo nesta quarta-feira (25/07/2018). Cientistas da Agência Espacial Italiana (ASI) identificaram evidências de uma espécie de reservatório de água líquida escondido sob camadas de gelo na região polar sul de Marte. Com a descoberta, levanta-se a possibilidade de encontrar vida no planeta vermelho, já que a água é essencial para a existência de organismos vivos. O estudo foi publicado na revista “Science”.

De acordo com o doutor em astronomia pela USP, Douglas Galante, ainda vai demorar para termos notícias sobre detalhes acerca das características da água marciana.

Segundo os cientistas, as informações para análise foram coletadas entre maio de 2012 e dezembro de 2015. Com o auxílio do dispositivo Marsis foi possível detectar características típicas em uma área de 20 quilômetros, contudo, a água está a aproximadamente 1 quilômetro da superfície marciana. Esse lago ou reservatório é muito parecido com outro encontrado na Antártica, o Vostok, que é estudado há anos por cientistas para ser uma referência para a possibilidade de proliferação de vida no local.

Apesar da presença de sais tóxicos (percloratos) na água de Marte, que dificultaria a proliferação de organismos vivos, pesquisadores mostram que há alguns tipos de vida que poderiam viver nestas condições. Desde 2017 estão saindo trabalhos sobre a descoberta de micro-organismos na Terra que são resistentes à presença desses sais, abrindo uma nova possibilidade para os pesquisadores: haveria presença destes mesmos micro-organismos terráqueos em Marte?

Ainda neste ano (2018) a NASA publicou na revista “Science” notícias da descoberta de material orgânico preservado entre rochas com cerca de três bilhões de anos em cratera no planeta Marte. Essa é uma evidência de que já existiu vida em Marte em um passado distante. Estudos anteriores sugerem que o astro costumava ser quente e úmido e abrigava muita água líquida há pelo menos 3,6 bilhões de anos.

Mais sobre esse assunto: Primeiro lago de água em estado líquido é descoberto em Marte.