Obesidade nos EUA acaba de alcançar um novo recorde

Os índices de obesidade nos Estados Unidos atingiram mais um recorde, alcançando o patamar de 39% da população adulta do país, de acordo com um relatório divulgado pelo governo recentemente.

Essas informações causaram preocupação entre os especialistas, tendo em vista que a obesidade está diretamente relacionada a uma série de doenças, incluindo condições cardiovasculares, a diabetes e determinados tipos de câncer.

Desde o ano de 1999, a taxa de obesidade entre os adultos nos Estados Unidos está aumentando progressivamente. Nesse período, o índice estava em cerca de 30,5%, e agora já se aproxima de 40%. Já entre as crianças e os jovens americanos, considerando-se a população que tem entre 2 e 19 anos, 18,5% são obesos, enquanto em 1999, essa taxa de obesidade era de aproximadamente 13,9%.

Segundo o estudo, que foi elaborado pelo Centro Nacional de Estatísticas de Saúde dos Estados Unidos a partir de uma mostra bem representativa da população, entre os anos de 1999-2000 e 2015-2016, é possível identificar  uma tendência de crescimento da obesidade no país,  tanto entre indivíduos na fase adulta, como também entre os mais jovens.

Por outro lado, a única boa notícia é que entre os anos de 2013-2014 e 2015-2016, o aumento dos índices de obesidade não foram significativos, segundo a instituição, o que pode significar que as taxas estariam finalmente se estabilizando e deixando de crescer a cada ano.

De acordo com o relatório do biênio anterior, em 2013-2014 as taxas de obesidade entre os indivíduos na fase adulta era de 37,7%. Portanto, a diferença em relação ao relatório atual não é significativa no viés estatístico, tendo em vista que foi uma diferença inferior ao que é apontado pela margem de erro.

Para os adultos, caracteriza-se como obesidade aqueles que possuem um Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou maior a 30 (kg/m2).

Constantemente, os Estados Unidos são listados entre os países com o maior índice de pessoas obesas do mundo, o que representa um problema sério em termos de saúde pública. Além dos Estados Unidos, outros países como China, México, Venezuela, Brasil e Rússia também sofrem com essa questão.

 

Em 4 anos os números de suicídios aumentaram 12% preocupando Ministério da Saúde

O número de suicídios no país aumentou em 12% nos últimos 4 anos. Em 2011 o número era de 10,4 mil e só em 2015 foram registrados 11,7 mil casos. O aumento da população é uma atribuição para que isso ocorra, porém é um problema que precisa ser combatido, ressalta Fátima Marinho, diretora do departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde.

O aumento de Centros de Atenção Psicossocial nas regiões onde os índices são considerados altos são umas das medidas a serem adotadas na prevenção do problema. Novos estudos deverão ser realizados na identificação das possíveis causas do problema e as regiões onde existem aumento de casos no Brasil, especificamente a populações indígenas, com as maiores recorrências.

O problema de atendimento ficou claro no Boletim Epidemiológico, onde 31% das mortes por suicídios entre 2011 e 2016 foram recorrentes entre mulheres. No caso dos homens O percentual menor, porém expressivo com 26%.

A maior relação das tentativas de suicídios entre as mulheres possui relação com violência intradomiciliar, sendo 69% representado por elas entre 2011 e 2016. No caso de mortes por suicídio, a situação se inverte representando 21% e os homens 79%.

No caso dos suicídios entre jovens, o Ministério da Saúde se preocupa, pois, o avanço que está em 4º lugar entre a causa de morte dos brasileiros entre 15 e 29 anos. No mundo, o suicídio está em segundo lugar nas causas de morte. O boletim apontou um aumento entre 2011 e 2015 de suicídios na faixa de 10 a 19 anos de 789 para 893 casos.

A Região Sul apresenta 23% dos casos sendo acompanhada há 10 anos pelo Ministério da Saúde e o Sudeste 38% dos casos registrados no país.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, no Rio Grande do Sul existem três cidades com os piores indicadores, sendo uma delas Forquetinha com 78 suicídios a cada 100 mil habitantes. Em seguida vem Tocantins, na cidade de Taipas com 57 casos a cada 100 mil habitantes. Foram consideradas também regiões de São Paulo, Piauí e Minas Gerais.

A média nacional de suicídios é de 5 a cada 100 mil habitantes, e mostra o tamanho do problema nas regiões brasileiras que estão acima dessa média.

Conheça algumas peculiaridades acerca da gestão de Luiz Carlos Trabuco Cappi à frente do Bradesco

Em tempos onde o cenário bancário é dos mais acirrados, Luiz Carlos Trabuco Cappi adotou uma postura diferente da maioria dos outros gestores de instituições financeiras. Quando começou sua jornada na presidência do Bradesco, ele acreditou ser necessário proporcionar um ambiente que atentasse prioritariamente para a maneira como o consumidor seria recebido, estendendo esse modo de operação a todos os canais de atendimento que a organização possui. Além de estreitar os laços com a clientela, o executivo é lembrado por ter fechado um negócio bilionário.

Após uma longa negociação conduzida por Luiz Carlos Trabuco Cappi, houve o consenso por parte do conselho de administração do banco de que a compra, pela quantia de 5,2 bilhões de dólares, seria de fato realizada. Em jogo estava a aquisição de uma instituição bancária cuja dona anterior era outra empresa da concorrência. Embora o montante despendido fosse considerado alto, até mesmo para uma organização expressiva no mercado financeiro, o retorno começou a surgir para o Bradesco mais rápido do que se imaginava. Em pouco tempo os consumidores foram aumentando em número e demandando por mais produtos bancários.

Com muitas décadas de existência no cenário nacional, o Bradesco escolheu Marília, uma cidade do estado de São Paulo, para iniciar seu funcionamento. De modo coincidente, Luiz Carlos Trabuco nascia lá anos depois da inauguração da primeira agência bancária. Após fazer 18 anos, ele pleiteou uma vaga de escriturário na instituição, sendo aprovado e iniciado uma lonja trajetória dentro da mesma empresa. No início, ele procurou conciliar a vida de bancário com a de estudante universitário, frequentando as aulas na Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Da mesma maneira como ocorreu com outros colaboradores do banco, o executivo trabalhou em setores diferentes a cada novo período de sua carreira, alcançando promoções até que entrasse na linha de sucessão da presidência da companhia. O ponto alto de sua forma de trabalhar, contudo, ocorreu quando atuou na área de seguros do grupo. Nessa ocasião, tal departamento começou a alcançar maiores percentuais de lucratividade, algo que exerceu grande influência para a manutenção da estabilidade financeira da empresa.

Na posição de presidente da instituição, Luiz Carlos Trabuco Cappi adotou a postura de lidar diretamente com os colaboradores em vias de serem promovidos. O executivo promove um encontro onde tais funcionários têm a oportunidade de expressarem quais as estratégias que terão para a empresa. Com a atenção voltada à formação de executivos, ele deu início a um centro educacional dentro da própria instituição, destinado a comportar profissionais das mais variadas áreas da companhia.

No passado, entretanto, a política do banco era a de só promover colaboradores internos aos cargos executivos. Na gestão de Luiz Carlos Trabuco Cappi, essa forma de se lidar com o quadro de pessoal foi alterada, já que o executivo optou por contratar novos talentos em outras instituições. Entre as contratações realizadas por ele, está a de Renato Ejnisman, um profissional que foi designado ao cargo de diretor-executivo. Apesar de ter reforçado sua equipe, o presidente começa a trabalhar por volta das 7 horas da manhã e só termina sua jornada diária quando conclui sua última reunião de negócios.

Algumas das imagens do Cristo Redentor encontradas em cidades brasileiras além da que fica no Corcovado

As imagens reproduzidas do Cristo Redentor vão muito além da religião, elas dão as boas-vindas aos visitantes e são encontradas em várias cidades do Brasil. Algumas dessas lindas imagens, além do original imponente que existe no Corcovado, na cidade do Rio de Janeiro, são:

Águas de Lindoia, São Paulo – No alto do Morro do Cruzeiro, está localizada a imagem que retrata o Cristo Redentor. A uma distância de apenas dois quilômetros do centro de Águas de Lindoia, a paisagem do alto permite uma linda visão da cidade, podendo chegar de carro ou de trenzinho. Outro fator que leva muitos turistas para essa cidade, são as águas termais.

Avaré, São Paulo – Outro local com vista privilegiada, a cidade pode ser apreciada desse local. Essa imagem foi inaugurada em 1997, tendo recebido as bênçãos do Arcebispo Dom Antônio Maria Mucciallo. Esta cidade possui uma natureza muito religiosa, sendo que sua primeira igreja foi consagrada a Nossa Senhora das Dores.

Barra Velha, Santa Catarina – Essa imagem do Cristo Redentor é marcante e da sua base é possível ver a praia, as cidades vizinhas e a lagoa. A cidade é muito visitada pelo seu clima, pela sua cultura e também por sua beleza.

Corumbá, Mato Grosso do Sul – Localizada no morro São Felipe, essa imagem do Cristo Rei foi construída por Izulina Xavier e apresenta uma altura de doze metros, com uma vista maravilhosa da cidade e também do Pantanal. Além da visita a essa imagem, o visitante pode apreciar também os diversos locais para se fazer compras, a gastronomia, muitos atrativos relacionados à cultura e à natureza.

Poços de Caldas, Minas Gerais – Essa imagem do Cristo Redentor é um dos principais pontos turísticos da cidade, e possui trinta metros, sendo que o seu pedestal tem quatorze metros e a sua imagem tem dezesseis metros. Localizada em uma altitude de 1.686 metros, para chegar a esse local, a forma mais utilizada é o teleférico, mas também pode ser feito o acesso de carro ou por uma trilha a pé.

Taubaté, São Paulo – Essa cidade possui um exemplar bem fiel da imagem do Cristo Redentor, no centro da cidade. O monumento possui uma altura de 33 metros e pesa 35 toneladas, sendo considerada  uma das maiores imagens do Brasil,  apenas sete metros a menos do que a original, do Rio de Janeiro.

Estudo indica que as mulheres são mais resistentes aos exercícios do que os homens

Image result for Estudo indica que as mulheres são mais resistentes aos exercícios do que os homens

Em um novo estudo desenvolvido pela Universidade de British Columbia Okanagan, no Canadá, os pesquisadores da Escola das Ciências da Saúde e do Exercício concluíram que as mulheres se cansam consideravelmente menos depois de praticarem exercícios físicos do que os homens, levando-se em consideração que ambos tenham a idade e o condicionamento físico parecidos.

Nesse estudo, que foi feito de forma colaborativa com a Universidade de Guelph, no Canadá, e a Universidade de Oregon, dos Estados Unidos, o pesquisador Brian Dalton selecionou nove mulheres e oito homens que possuíam um nível parecido de aptidão física para a realização de um teste. A prova em questão era flexionar o pé contra vários tipos de sensores o mais rápido que conseguissem pelo máximo de tempo possível.

Como resultado, os homens demonstraram serem mais velozes e potentes, contudo, também apresentaram um cansaço maior com a repetição desses movimentos do que as mulheres.

De acordo com o pesquisador, a equipe escolheu testar esse movimentos dos pés porque este exige o esforço dos  músculos da panturrilha,  os quais são fundamentais para as atividades mais básicas do cotidiano, como por exemplo, caminhar e correr. Assim, a grande descoberta foi perceber que apesar de serem mais rápidos e potentes no início, os homens ficaram cansados bem antes do que as mulheres.

Mesmo que o teste tenha sido realizado com um grupo pequeno de participantes, Brian Dalton destacou que acredita que os mesmos resultados seriam encontrados caso a pesquisa fosse feita com um número maior de colaboradores, incluindo pessoas de grupos musculares distintos. Ele ainda afirmou que o resultado ressalta o por quê de em provas esportivas como as ultramaratonas de trail, os homens conseguem ser mais rápidos mas as mulheres serem o grupo que demonstra menos cansaço.

Apesar dos resultados, o pesquisador declarou que não pretende estimular uma competição entre os homens e as mulheres, e que os dois sexos possuem características físicas vantajosas. O grande objetivo da pesquisa é descobrir como melhorar o desempenho físico dos homens e das mulheres, encontrando novas formas de reduzir a fadiga e estimular a disposição durante a prática esportiva, por exemplo.

 

Manaíra Shopping – conheça um pouco do empreendimento de Roberto Santiago

Ao visitar João Pessoa não deixe de conhecer o Manaira Shopping, de Roberto Santiago. O centro comercial é um dos maiores e mais interessantes da região Nordeste. Uma referência latino-americana em seu segmento por suas opções de lazer, conforto, opções gastronômicas, cinema de última geração, entre outros atrativos.

O Manaíra oferece ao público lojas para os mais variados gostos e necessidades, agências bancárias, lotéricas, casa de show, academias, universidades e muito mais. Tudo para fortalecer a relação entre o estabelecimento e seus clientes.

Um pouco da história

Inaugurado em 1989  o Manaíra passa por constantes evoluções para se manter moderno e atual. São 75 mil m² de Área Bruta Locável (ABL) onde estão dispostas mais de 280 lojas. No início eram apenas 90 em uma área construída de 12 mil m².

A ideia de Roberto Santiago era de oferecer um centro comercial moderno, bem localizado e com várias opções de entretenimento. O Manaira Shopping logo se destacou e hoje é o maior de João Pessoa e um dos mais importantes do país.

Expansões

Em 1993 ocorreu a primeira ampliação do empreendimento de Roberto Santiago. Na época, o projeto foi assinado por Carmen Raquel e Maria Raquel.

A segunda ampliação veio em 1997. O destaque ficou por conta das novas lojas âncora do shopping, Riachuelo e Maia.

A terceira ampliação foi uma das mais importantes, pois trouxe o cinema. Ocorrida em dezembro de 2002, a expansão foi responsável por inaugurações como as Lojas Americanas, Ri Happy, C&A e outras.

Em 2007 uma nova obra. Dessa vez o Manaíra passou a ter uma área construída de 05.000m²de área construída e cerca de 260 lojas. Entre as âncoras inauguradas estavam Lojas Renner e Centauro.

Em 2008 e 2012 foi a vez da praça de alimentação ganhar uma expansão e em 2014 o lançamento do Espaço Gourmet, idealizado por Roberto Santiago.

Opções de lazer

O cinema é um dos diferenciais do shopping. São 11 salas que contam com equipamentos modernos, principalmente nas 3D e vips, que trazem o conceito de Sistema Stadium. Nele as poltronas ficam dispostas para proporcionar mais visibilidade ao público.

O Game Station também merece destaque. Trata-se de um centro de jogos eletrônicos com 1800 m² e mais de 200 máquinas para jogos, além de salão de festas pista de boliche eletrônica.

O shopping ainda conta com praça de alimentação e Espaço Gourmet. São ambientes pensados para que o público possa desfrutar de momentos agradáveis com a família, ter encontros românticos, de negócios, entre outras ocasiões. O lugar conta com diversas opções como uma hamburgueria e steak house.

Casa de show Domus Hall

Inaugurada em 2009, a Casa de show Domus Hall apresenta uma estrutura climatizada e sonorização com recursos de última geração, além do isolamento acústico. A casa de shows possui um formato de boate gigante, mostrando-se uma ótima opção para diferentes tipos de eventos, a exemplo de shows, palestras, espetáculos teatrais, musicais, congressos e etc.

A capacidade da casa de shows que fica no Manaira Shopping de Roberto Santiago é de 4 mil pessoas sentadas ou 10 mil em pé. Conta com térreo com espaço para mesas e cadeiras ou pista de dança, lounge music, acesso aos camarins e etc.

Apenas 20,2% das escolas brasileiras abrem aos finais de semana, segundo o Pnud

Dados elaborados pelo Pnud – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, revelaram que apenas 20,2% de todas as escolas brasileiras abrem aos finais de semana para que os familiares e os alunos possam usar o espaço para praticar alguma atividade física ou esportiva. O relatório que foi divulgado no dia 25 de setembro leva o nome de o “Movimento é vida: atividades físicas e esportivas para todas as pessoas”.

Para a realização do relatório, o Pnud analisou diversos aspectos relacionados à prática de atividade física e os esportes de um modo geral. Nesses aspectos o relatório considerou o papel de influenciador que as escolas desempenham sobre os hábitos saudáveis das pessoas de um modo geral.

O relatório indicou que as escolas voltadas para a educação infantil são as que mais permanecem com as portas fechadas nos fins de semana, sendo que apenas 10% delas permitem a entrada da comunidade em seus espaços nos dias que não há aula. No caso das escolas que atuam com o ensino fundamental I, o percentual de escolas que abrem as portas para a comunidade nos finais de semana é de 18,8%. E as escolas que funcionam com o fundamental II e o ensino médio, possuem um percentual de 26,2% e de 41,3%, para cada uma das modalidades respectivamente.

O Pnud utilizou diversos documentos para chegar a essas informações, através de dados que já foram coletados pelo Censo Escolar, pela Prova Brasil e pela Pense – Pesquisa Nacional sobre Saúde do Escolar. Além disso, o relatório foi feito com a ajuda de uma pesquisa feita por telefone para 572 escolas do Brasil. Após os dados terem sido analisados, o relatório passou a ter um grau para medir o comprometimento de cada uma das escolas, classificando as que abrem aos finais de semana como “escola ativa”.

Nesta classificação, o Pnud revelou no relatório que as escolas que são ativas possuem o ensino de atividades físicas e esportivas em sua grade curricular para os estudantes, e ainda incentiva que os alunos pratiquem os exercícios físicos dentro do espaço escolar e fora dele. Além disso, a “escola ativa” também oferece seus espaços físicos para que a comunidade possa interagir com as atividades físicas, assim como seus funcionários e alunos.

4 fatores que provocam o envelhecimento da pele

4 fatores que provocam o envelhecimento da pele

 

Segundo os especialistas, o processo de envelhecimento precoce da pele pode estar sendo cada vez mais acelerado devido a influência de elementos que estão presentes em nosso dia a dia. A seguir, saiba quais são esses fatores que prejudicam a pele e entenda como eles atuam.

– Luz visível ou azul

A luz visível é nada menos que a radiação emitida pelas lâmpadas artificiais e a tela dos celulares, tablets e computadores. Segundo um estudo desenvolvido pela revista científica Photochemistry and Photobiology,  a radiação UVA,  proveniente do sol, é responsável por cerca de 67% dos radicais livres do organismo, enquanto a luz visível já é a responsável pelos outros 33%. Entre os danos provocados por esses radicais livres estão o aparecimento de manchas na pele, causadas pela hiperpigmentação.

  Falta de sono

Noites mal dormidas ou com horas insuficientes de sono também provocam um dano substancial a pele, tendo em vista que elas comprometem seriamente o processo de regeneração das células, o qual ocorre durante a noite. A falta de sono ainda acaba gerando o aumento da liberação do hormônio cortisol, que resulta na perda do colágeno, um dos principais responsáveis pela sustentação e boa aparência da pele.

– Poluição

Recentemente, diversas pesquisas e estudos estão sendo feitos para comprovar o grau de ameaça presente nas toxinas do ar para a pele. O maior problema dessas toxinas, oriundas especialmente da fumaça das fábricas e dos automóveis, é que elas aderem a pele, prejudicando a sua boa oxigenação. Isso acaba provocando o retardamento do metabolismo celular e a perda do colágeno, tornando a pele menos viçosa e mais seca, além de aumentar os ricos de alergias e coceiras na região.

– Má alimentação

A prática contínua de maus hábitos alimentares, além de causar problemas de saúde, também podem causar inflamações na pele. Entre as maiores ameaças, é possível citar os alimentados que possuem muitos aditivos, os processados e aqueles com muito açúcar na composição. O consumo me excesso desse tipo de comida faz com que as fibras de sustentação da pele sejam danificadas, aumentando as chances de surgirem rugas precocemente.

Nasa anuncia busca por embaixador voluntário do sistema solar

Image result for Nasa anuncia busca por embaixador voluntário do sistema solar

Nasa anuncia que está a procura por “embaixador do sistema solar” e que ele deverá ter mais de 18 anos e ser expressamente apaixonado pelos estudos da astronomia. Segundo a agência espacial americana, o voluntário terá como objetivo divulgar artigos científicos em eventos, exposições, palestras e em encontros que abordem o assunto de um modo geral. Aberta no dia primeiro de setembro, a vaga ainda não foi preenchida e aceitará inscrições até o dia de setembro.

As inscrições no programa da Nasa poderão ser realizadas diretamente no site da agência, e o candidato deverá corresponder ao padrão exigido pela agência, que é o de idade mínima de 18 anos, gosto por astronomia, nacionalidade americana e estar morando nos Estados Unidos ou em Porto Rico.

Além disso, a Nasa divulgou outros pré-requisitos que qualificam o profissional interessado em fazer parte da equipe da Nasa. Dentre eles a agência destacou que a motivação e o comportamento proativo dentro de uma comunidade são determinantes para a escolha do embaixador perfeito. O candidato ainda deverá ser claro ao disseminar as informações, ter habilidade em falar com o público, promover estímulos para a comunidade local e se propor a aprender sempre mais sobre os novos achados da ciência.

O candidato que for escolhido pela Nasa, passará por um treinamento que acontecerá de forma online através do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. Com isso o futuro embaixador receberá materiais de estudo para que aprenda sobre as missões espaciais realizadas pela agência. Poderá ainda se relacionar com os cientistas que atuam nas missões espaciais, e ser atualizado constantemente com novas notícias das missões espaciais executadas pela Nasa através de e-mail.

A Nasa ainda destacou que o beneficiário ainda poderá ter a “satisfação de saber que você fez a diferença na vida de alguém”. Segundo a agência, esse é um dos melhores benefícios de participar dos eventos que serão promovidos pela Nasa em prol da disseminação da informação.

O beneficiário terá como obrigação participar de pelo menos 4 eventos anuais onde ele irá apresentar informações sobre as pesquisas desenvolvidas pela agência e sobre as missões espaciais.