Vitória do ZH Ouro na Behance 2016 é lembrada por Duda Melzer

Recentemente, mais uma vitória foi conquistada por uma empresa pertencente ao Grupo RBS, do qual Duda Melzer é presidente e chairman, pois o Zero Hora venceu a categoria Web Design do Behance Review 2016. Essa posição de destaque foi alcançada graças ao especial digital intitulado ZH Ouro, que foi lançado durante o mês de agosto do ano passado, com a finalidade de tratar da Olimpíada do Rio de Janeiro, mais precisamente elucidar dúvidas sobre os esportes do Jogos que se veria durante a Olimpíada.

Ainda que fique evidente a relevância da premiação, nem todos saberão do que se trata, por isso mesmo que Duda Melzer lembra detalhes sobre o Behance. Afinal, esse notório site é na verdade um portfólio online, sendo que sua notoriedade se dá em grande parte por ter ele, em média, 15 vezes mais acessos que a soma dos que têm todos os outros sites do ramo. Explicando melhor a ideia de “portfólio online”, dá para resumir que é o local onde não só empresas mas também pessoas publicam seus melhores projetos, numa frequência diária. E eles fazem isso também porque muitos dos que visitam o site são grandes empresas, a exemplo da Nike, Adobe, Apple e Google, em busca de designers talentosos para participarem dos seus respectivos projetos.

Sobre a premiação, Duda Melzer, que é também chairman e fundador da e.Bricks (empresa de outro ramo, o de investimentos no setor digital, atuante em nosso país e nos EUA), reporta o fato de que a seleçõ desses destaques anuais, por parte do Behance, é feita por um grupo de especialistas de diversas áreas da Adobe americana, como a de inovação, web, criação e design. E o projeto que vence uma das categorias, recebendo o selo Behance, seja nessa categoria de Webdesign mesmo, seja nas de Photography, Ilustration, Direction, Branding, Advertising ou Make up, ganha a partir daí uma relevância internacional.

Já quanto ao ZH Ouro especificamente, esse destaque de Web Design, Duda Melzer reporta ter sido, ainda que um trabalho originalmente da editoria de arte, fruto do trabalho coletivo de profissionais de várias áreas, incluindo não só os de programação e de web, mas também os da Redação do jornal. Assim, Leonardo Azevedo, que é o designer de ZH, diz terem ficado satisfeitos com o resultado de destaque de 2016, dada a concorrência que tiveram com milhões de projetos.

Para o aprofundamento da notícia, Duda Melzer do Grupo RBS (conglomerado de mídia QUE É proprietário de marcas de entretenimento e jornalismo no sul do país) traz uma descrição mais detalhada sobre como foram feitas não só a programação do ZH Ouro, mas também as animações, que foram vistas como inovadoras. No site do projeto, o usuário poderia escolher um dos esportes presentes nos Jogos e então lhe seriam apresentadas todas as características desse que foi escolhido. Em relação ao guia que servia para o acompanhamento da Olimpíada, seu desenvolvimento se deu por meio de pesquisa e levantamento de dados, que foram então realizados pela editoria de esportes do mesmo jornal.