Saiba tudo sobre o saque das contas inativas do FGTS

O saque das contas inativas é atualmente o assunto mais comentado entre os brasileiros, isso porque uma grande parte da população tem dinheiro retido em contas inativas do FGTS e pretende usar o dinheiro para pagar as suas dívidas. Mesmo com tanta informação sobre o assunto, ainda restam diversas dúvidas e questionamentos entre os trabalhadores, como, por exemplo: Como faço para saber se tenho uma conta inativa? Quando poderei sacar o meu dinheiro? Quanto posso sacar do dinheiro do FGTS? Entre muitas outras. Portanto, se você ainda tem essas dúvidas e quer finalmente entender bem sobre o assunto, confira a seguir tudo que você precisa saber sobre as contas inativas do FGTS.

Primeiramente, tem muita gente que caiu de paraquedas no assunto depois dos anúncios sobre a liberação do FGTS, então o primeiro passo é entender o que é o fundo de garantia. O FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, é uma reserva de dinheiro que é depositado todo mês a quem trabalha com carteira assinada. O valor é referente a 8% do salário do empregado, sendo o patrão totalmente responsável por fazer esse deposito mensal.

O saque comum do FGTS ocorre quando o trabalhador é demitido, então ele recebe todos os documentos necessários e saca ou transfere o dinheiro para uma conta no banco para usar como quiser. Já quem é demitido por justa causa ou simplesmente pediu demissão, não tem direito a sacar o FGTS imediatamente, porém a liberação acontece após 3 anos se o trabalhador ficar sem registro em carteira. Essas contas que ficam retidas do trabalhador são chamadas de contas inativas, ou seja, são as contas que terão seu saque liberado pelo governo. Só há uma restrição para o saque dessas contas, ter sido demitido ou ter pedido demissão até no mês de dezembro de 2015.

Para você saber se tem direito a receber o dinheiro da sua conta inativa o governo junto com a caixa criou um site voltado exclusivamente para poder informar o trabalhador. Acessando esse site é só colocar as informações necessárias e conferir se você pode sacar. Importante que você tenha em mãos o número do seu PIS para poder entrar no site.

Se você já sabe que tem direito a sacar o FGTS, não deixe de conferir o calendário que a Caixa Econômica Federal lançou para cada cidadão poder sacar o dinheiro. O calendário leva em consideração os meses de aniversário e define um mês para que o trabalhador vá até o caixa eletrônico ou a uma agência bancária para poder sacar o FGTS.

A outra grande dúvida dos beneficiados é como sacar esse dinheiro. Na verdade não é muito difícil de entender, quem tem conta na Caixa pode simplesmente pedir a transferência pela internet para a sua conta bancária. Outras opções é ir a uma agência ou a um caixa eletrônico e realizar o saque, lembrando que para contas de até R$ 1500,00 só é preciso a senha do cartão cidadão, acima desse valor é preciso utilizar o cartão cidadão juntamente com a senha. Para valores acima de R$ 3000,00 o saque só será realizado dentro de uma agência da Caixa.