Estudo indica que as mulheres são mais resistentes aos exercícios do que os homens

Image result for Estudo indica que as mulheres são mais resistentes aos exercícios do que os homens

Em um novo estudo desenvolvido pela Universidade de British Columbia Okanagan, no Canadá, os pesquisadores da Escola das Ciências da Saúde e do Exercício concluíram que as mulheres se cansam consideravelmente menos depois de praticarem exercícios físicos do que os homens, levando-se em consideração que ambos tenham a idade e o condicionamento físico parecidos.

Nesse estudo, que foi feito de forma colaborativa com a Universidade de Guelph, no Canadá, e a Universidade de Oregon, dos Estados Unidos, o pesquisador Brian Dalton selecionou nove mulheres e oito homens que possuíam um nível parecido de aptidão física para a realização de um teste. A prova em questão era flexionar o pé contra vários tipos de sensores o mais rápido que conseguissem pelo máximo de tempo possível.

Como resultado, os homens demonstraram serem mais velozes e potentes, contudo, também apresentaram um cansaço maior com a repetição desses movimentos do que as mulheres.

De acordo com o pesquisador, a equipe escolheu testar esse movimentos dos pés porque este exige o esforço dos  músculos da panturrilha,  os quais são fundamentais para as atividades mais básicas do cotidiano, como por exemplo, caminhar e correr. Assim, a grande descoberta foi perceber que apesar de serem mais rápidos e potentes no início, os homens ficaram cansados bem antes do que as mulheres.

Mesmo que o teste tenha sido realizado com um grupo pequeno de participantes, Brian Dalton destacou que acredita que os mesmos resultados seriam encontrados caso a pesquisa fosse feita com um número maior de colaboradores, incluindo pessoas de grupos musculares distintos. Ele ainda afirmou que o resultado ressalta o por quê de em provas esportivas como as ultramaratonas de trail, os homens conseguem ser mais rápidos mas as mulheres serem o grupo que demonstra menos cansaço.

Apesar dos resultados, o pesquisador declarou que não pretende estimular uma competição entre os homens e as mulheres, e que os dois sexos possuem características físicas vantajosas. O grande objetivo da pesquisa é descobrir como melhorar o desempenho físico dos homens e das mulheres, encontrando novas formas de reduzir a fadiga e estimular a disposição durante a prática esportiva, por exemplo.

 

Manaíra Shopping – conheça um pouco do empreendimento de Roberto Santiago

Ao visitar João Pessoa não deixe de conhecer o Manaira Shopping, de Roberto Santiago. O centro comercial é um dos maiores e mais interessantes da região Nordeste. Uma referência latino-americana em seu segmento por suas opções de lazer, conforto, opções gastronômicas, cinema de última geração, entre outros atrativos.

O Manaíra oferece ao público lojas para os mais variados gostos e necessidades, agências bancárias, lotéricas, casa de show, academias, universidades e muito mais. Tudo para fortalecer a relação entre o estabelecimento e seus clientes.

Um pouco da história

Inaugurado em 1989  o Manaíra passa por constantes evoluções para se manter moderno e atual. São 75 mil m² de Área Bruta Locável (ABL) onde estão dispostas mais de 280 lojas. No início eram apenas 90 em uma área construída de 12 mil m².

A ideia de Roberto Santiago era de oferecer um centro comercial moderno, bem localizado e com várias opções de entretenimento. O Manaira Shopping logo se destacou e hoje é o maior de João Pessoa e um dos mais importantes do país.

Expansões

Em 1993 ocorreu a primeira ampliação do empreendimento de Roberto Santiago. Na época, o projeto foi assinado por Carmen Raquel e Maria Raquel.

A segunda ampliação veio em 1997. O destaque ficou por conta das novas lojas âncora do shopping, Riachuelo e Maia.

A terceira ampliação foi uma das mais importantes, pois trouxe o cinema. Ocorrida em dezembro de 2002, a expansão foi responsável por inaugurações como as Lojas Americanas, Ri Happy, C&A e outras.

Em 2007 uma nova obra. Dessa vez o Manaíra passou a ter uma área construída de 05.000m²de área construída e cerca de 260 lojas. Entre as âncoras inauguradas estavam Lojas Renner e Centauro.

Em 2008 e 2012 foi a vez da praça de alimentação ganhar uma expansão e em 2014 o lançamento do Espaço Gourmet, idealizado por Roberto Santiago.

Opções de lazer

O cinema é um dos diferenciais do shopping. São 11 salas que contam com equipamentos modernos, principalmente nas 3D e vips, que trazem o conceito de Sistema Stadium. Nele as poltronas ficam dispostas para proporcionar mais visibilidade ao público.

O Game Station também merece destaque. Trata-se de um centro de jogos eletrônicos com 1800 m² e mais de 200 máquinas para jogos, além de salão de festas pista de boliche eletrônica.

O shopping ainda conta com praça de alimentação e Espaço Gourmet. São ambientes pensados para que o público possa desfrutar de momentos agradáveis com a família, ter encontros românticos, de negócios, entre outras ocasiões. O lugar conta com diversas opções como uma hamburgueria e steak house.

Casa de show Domus Hall

Inaugurada em 2009, a Casa de show Domus Hall apresenta uma estrutura climatizada e sonorização com recursos de última geração, além do isolamento acústico. A casa de shows possui um formato de boate gigante, mostrando-se uma ótima opção para diferentes tipos de eventos, a exemplo de shows, palestras, espetáculos teatrais, musicais, congressos e etc.

A capacidade da casa de shows que fica no Manaira Shopping de Roberto Santiago é de 4 mil pessoas sentadas ou 10 mil em pé. Conta com térreo com espaço para mesas e cadeiras ou pista de dança, lounge music, acesso aos camarins e etc.

Apenas 20,2% das escolas brasileiras abrem aos finais de semana, segundo o Pnud

Dados elaborados pelo Pnud – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, revelaram que apenas 20,2% de todas as escolas brasileiras abrem aos finais de semana para que os familiares e os alunos possam usar o espaço para praticar alguma atividade física ou esportiva. O relatório que foi divulgado no dia 25 de setembro leva o nome de o “Movimento é vida: atividades físicas e esportivas para todas as pessoas”.

Para a realização do relatório, o Pnud analisou diversos aspectos relacionados à prática de atividade física e os esportes de um modo geral. Nesses aspectos o relatório considerou o papel de influenciador que as escolas desempenham sobre os hábitos saudáveis das pessoas de um modo geral.

O relatório indicou que as escolas voltadas para a educação infantil são as que mais permanecem com as portas fechadas nos fins de semana, sendo que apenas 10% delas permitem a entrada da comunidade em seus espaços nos dias que não há aula. No caso das escolas que atuam com o ensino fundamental I, o percentual de escolas que abrem as portas para a comunidade nos finais de semana é de 18,8%. E as escolas que funcionam com o fundamental II e o ensino médio, possuem um percentual de 26,2% e de 41,3%, para cada uma das modalidades respectivamente.

O Pnud utilizou diversos documentos para chegar a essas informações, através de dados que já foram coletados pelo Censo Escolar, pela Prova Brasil e pela Pense – Pesquisa Nacional sobre Saúde do Escolar. Além disso, o relatório foi feito com a ajuda de uma pesquisa feita por telefone para 572 escolas do Brasil. Após os dados terem sido analisados, o relatório passou a ter um grau para medir o comprometimento de cada uma das escolas, classificando as que abrem aos finais de semana como “escola ativa”.

Nesta classificação, o Pnud revelou no relatório que as escolas que são ativas possuem o ensino de atividades físicas e esportivas em sua grade curricular para os estudantes, e ainda incentiva que os alunos pratiquem os exercícios físicos dentro do espaço escolar e fora dele. Além disso, a “escola ativa” também oferece seus espaços físicos para que a comunidade possa interagir com as atividades físicas, assim como seus funcionários e alunos.

4 fatores que provocam o envelhecimento da pele

4 fatores que provocam o envelhecimento da pele

 

Segundo os especialistas, o processo de envelhecimento precoce da pele pode estar sendo cada vez mais acelerado devido a influência de elementos que estão presentes em nosso dia a dia. A seguir, saiba quais são esses fatores que prejudicam a pele e entenda como eles atuam.

– Luz visível ou azul

A luz visível é nada menos que a radiação emitida pelas lâmpadas artificiais e a tela dos celulares, tablets e computadores. Segundo um estudo desenvolvido pela revista científica Photochemistry and Photobiology,  a radiação UVA,  proveniente do sol, é responsável por cerca de 67% dos radicais livres do organismo, enquanto a luz visível já é a responsável pelos outros 33%. Entre os danos provocados por esses radicais livres estão o aparecimento de manchas na pele, causadas pela hiperpigmentação.

  Falta de sono

Noites mal dormidas ou com horas insuficientes de sono também provocam um dano substancial a pele, tendo em vista que elas comprometem seriamente o processo de regeneração das células, o qual ocorre durante a noite. A falta de sono ainda acaba gerando o aumento da liberação do hormônio cortisol, que resulta na perda do colágeno, um dos principais responsáveis pela sustentação e boa aparência da pele.

– Poluição

Recentemente, diversas pesquisas e estudos estão sendo feitos para comprovar o grau de ameaça presente nas toxinas do ar para a pele. O maior problema dessas toxinas, oriundas especialmente da fumaça das fábricas e dos automóveis, é que elas aderem a pele, prejudicando a sua boa oxigenação. Isso acaba provocando o retardamento do metabolismo celular e a perda do colágeno, tornando a pele menos viçosa e mais seca, além de aumentar os ricos de alergias e coceiras na região.

– Má alimentação

A prática contínua de maus hábitos alimentares, além de causar problemas de saúde, também podem causar inflamações na pele. Entre as maiores ameaças, é possível citar os alimentados que possuem muitos aditivos, os processados e aqueles com muito açúcar na composição. O consumo me excesso desse tipo de comida faz com que as fibras de sustentação da pele sejam danificadas, aumentando as chances de surgirem rugas precocemente.

Nasa anuncia busca por embaixador voluntário do sistema solar

Image result for Nasa anuncia busca por embaixador voluntário do sistema solar

Nasa anuncia que está a procura por “embaixador do sistema solar” e que ele deverá ter mais de 18 anos e ser expressamente apaixonado pelos estudos da astronomia. Segundo a agência espacial americana, o voluntário terá como objetivo divulgar artigos científicos em eventos, exposições, palestras e em encontros que abordem o assunto de um modo geral. Aberta no dia primeiro de setembro, a vaga ainda não foi preenchida e aceitará inscrições até o dia de setembro.

As inscrições no programa da Nasa poderão ser realizadas diretamente no site da agência, e o candidato deverá corresponder ao padrão exigido pela agência, que é o de idade mínima de 18 anos, gosto por astronomia, nacionalidade americana e estar morando nos Estados Unidos ou em Porto Rico.

Além disso, a Nasa divulgou outros pré-requisitos que qualificam o profissional interessado em fazer parte da equipe da Nasa. Dentre eles a agência destacou que a motivação e o comportamento proativo dentro de uma comunidade são determinantes para a escolha do embaixador perfeito. O candidato ainda deverá ser claro ao disseminar as informações, ter habilidade em falar com o público, promover estímulos para a comunidade local e se propor a aprender sempre mais sobre os novos achados da ciência.

O candidato que for escolhido pela Nasa, passará por um treinamento que acontecerá de forma online através do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. Com isso o futuro embaixador receberá materiais de estudo para que aprenda sobre as missões espaciais realizadas pela agência. Poderá ainda se relacionar com os cientistas que atuam nas missões espaciais, e ser atualizado constantemente com novas notícias das missões espaciais executadas pela Nasa através de e-mail.

A Nasa ainda destacou que o beneficiário ainda poderá ter a “satisfação de saber que você fez a diferença na vida de alguém”. Segundo a agência, esse é um dos melhores benefícios de participar dos eventos que serão promovidos pela Nasa em prol da disseminação da informação.

O beneficiário terá como obrigação participar de pelo menos 4 eventos anuais onde ele irá apresentar informações sobre as pesquisas desenvolvidas pela agência e sobre as missões espaciais.

 

Pele de tilápia para o tratamento de queimaduras é uma nova técnica de médicos brasileiros

Um novo método usado no tratamento de queimaduras está sendo muito usado na região Nordeste. O procedimento desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Ceará ainda está em fase de testes em alguns pacientes, porém com resultados otimistas, já que o tratamento além de ter um custo menor, causa menos dores aos pacientes.

A técnica usada é colocar sobre a pele com queimaduras graves a pele da tilápia, já que o material de origem do peixe mantém a umidade das feridas e tem a capacidade de transmitir colágeno que estimula a cicatrização. Além de todos os benefícios da técnica a substância possui resistência a doenças com um nível compatível com a pele humana.

Antes era usada a pele de porco congelada e tecido humano para esse tratamento, porém a falta desses subsídios nos hospitais públicos a opção era o uso de bandagem de gazes, que tinha que ser trocada com frequência causando dor ao paciente.

O tratamento com a pele de tilápia consiste em colocá-la na dele e só depois envolver com a bandagem e não é necessário o uso de nenhum creme e a quantidade de analgésicos diminui, sendo a cicatrização mais acelerada. Em 10 dias já é possível a retirada da bandagem com a pele do peixe que seca e descola da queimadura podendo ser retirada facilmente.

Foram realizados testes e o material foi esterilizado antes de ser usado em 56 pacientes tratados com o método, para que o odor de peixe e a contaminação por qualquer vírus sejam evitados.

Os profissionais da UFC ao receber as substâncias eles embalaram e refrigeraram as peles que ficaram armazenadas no laboratório da instituição e possuem validade de até 2 anos.

A iniciativa da pesquisa teve origem de uma descoberta de que 99% da pele deste peixe é descartada. Nem todos os pacientes com queimaduras podem ser tratados com essa técnica pois existem critérios de idade e estágio dos queimados.

O método chega a ser 75% mais barato do que o tratamento a base de cremes. Apesar do material ainda não ser comercializado, os pesquisadores dizem que essa técnica estará acessível financeiramente.

Ainda é necessário encontrar um laboratório que produza o material que para ser comercializado deve ter registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

 

Cientistas destrincham o funcionamento do relógio biológico

Resultado de imagem para relógio biológico

Existe um ciclo de atividades que o organismo dos seres vivos usa para calcular o ritmo biológico do corpo humano. Esse ciclo se repete a cada 24 horas realizando as mesmas atividades com rigor e assiduidade. Todos conhecem isso como relógio biológico. Cientistas da Universidade de Stanford trabalham para decifrar esses ciclos intrincados e com isso aprender a cronometrar o corpo das pessoas, e dessa forma se antecipar aos problemas do corpo.

Recentemente um trabalho foi divulgado na revista Science immunology informou ter conseguido entender o relógio biológico de uma mulher grávida. Essa descoberta pode ser importante para o desenvolvimento de métodos que previnem os partos prematuros.

Os cientistas já compreenderam os genes que regem esses processos cíclicos. Eles já conseguem entender porque algumas pessoas possuem hábitos diurnos e outras funcionam melhor à noite. Eles explicaram que o ambiente é o fator mais importante para definir os horários de sono. As pessoas reagem de forma diferente porque elas acostumam o seu corpo a ciclos diferentes.

O mais comum é que a luz do dia tenha um efeito despertador nas pessoas e a noite o efeito inverso. No entanto, algumas pessoas alteram os seus hábitos, de modo que ficam em alerta a noite e tenham sono com o raiar do sol. Mudar hábitos leva certo tempo, pois o relógio biológico precisa ser readaptado, no período de transição ele pode ficar dessincronizado.

Para obter uma vida saudável é importante que o relógio biológico seja respeitado. As pessoas devem obedecer ao momento de descanso, assim como ficar pelo menos um dia na semana sem trabalhar. Não é a toa que foi convencionado o domingo como o dia do repouso, dia que até mesmo o comércio não funciona.

Uma pessoa sem uma rotina bem definida pode causar stress ao próprio corpo ao longo do tempo. Isso pode ter efeitos colaterais sérios.

Algumas pesquisas já comprovam a existência de outro ciclo além do que ocorre a cada 24 horas. O corpo humano também é regido por um ciclo semanal, nomeado de ciclo septadiano. É por causa disso que existe a necessidade de descansar um dia por semana.

 

Zona do euro fecha com alta de 0,6% no segundo trimestre

Os reflexos de uma boa economia aparecem claramente na zona do euro e nos volumes negociados nas bolsas da Europa. Ao todo, a zona do euro teve um crescimento notável de 0,6% no segundo trimestre de 2017. Esse crescimento é em comparação com o primeiro trimestre deste ano.

Os dados foram revelados por um escritório responsável por dados estáticos da União Europeia – UE, que acabaram confirmando o que os economistas já haviam previsto. De acordo com o escritório Eurostat, essa onda de crescimento na zona do euro, que são de 19 países, já vem de uma alta no início do ano, com o fechamento do primeiro trimestre em alta de 0,5%.

Segundo o escritório responsável, foram realizadas várias revisões nas projeções de estatísticas dos mercados europeus ao longo de todo o período. As expectativas foram superadas e não era esperado uma valorização tão grande do euro em relação as moedas rivais em tão pouco tempo.

O Eurostat também apontou que o Produto Interno Bruto – PIB – da UE teve um crescimento visível de 2,3% no fechamento do segundo trimestre. Esse crescimento no PIB da UE já vem desde o fechamento do primeiro trimestre deste ano, quando fechou em 2%. Os economistas mais otimistas tinham projetado para 2017 um crescimento do PIB de 1,9%, o que ainda está na média. Mas já é visto como superior as expectativas dos investidores na zona do euro.

Isso já é bem-visto pelo Banco Central Europeu – BCE – que implantará uma política monetária de redução, mas fica apreensivo, pois a inflação está baixa na zona do euro e a moeda está mais forte do que nunca, fatores que não são bons para esta implicação monetária. As projeções finais para os próximos dois anos são de 1,8% e 1,7% segundo os economistas da Eurostat.

As taxas de juros na zona do euro também foram mantidas em 0%, sendo que a taxa de juros voltada para os empréstimos se manteve em 0,25% pelo BCE. Isso tende a atrair cada vez mais investidores para a Europa de um modo geral. Para o Reino Unido isso é bom, pois assim que se desligou da EU o país vem desacelerando, mas se beneficiará de uma Europa mais forte.

Pesquisadores descobriram uma pegada que pode mudar o que conhecemos sobre a origem da humanidade

Related image

Uma incrível descoberta pode alterar a compreensão da origem da humanidade. Até agora o consenso era que a origem da espécie humana estava na África e que os antepassados começaram a emigrar pelo mundo há 4 milhões de anos, inclusive no continente europeu. No entanto, foi encontrada uma pegada estimada aproximadamente 5,7 milhões de anos atrás, na Grécia, especificamente na ilha de Creta.

“Esta descoberta desafia a narrativa estabelecida da evolução humana e provavelmente gerará muitos debates”, falou um dos cientistas responsáveis, o docente Per Ahlberg, que trabalha na Universidade de Uppsala, na Suécia. No entanto, ressaltou: “A questão de saber se a comunidade de pesquisa de origens humana aceita as pegadas fósseis como prova conclusiva da presença de hominins no Mioceno de Creta permanece sob análise”.

A descoberta cientifica foi realizada por Gerard Gierliński, do Instituto Polonês de Pesquisa em Varsóvia, que se uniu a outros profissionais para analisar o achado. O instituto Polonês esta a mais de 2,5 mil quilômetros de Chade.

O grupo do Gerard notou que era possível reconhecer dois tipos diferentes de pegadas. Os dois supostamente provenientes por alguma espécie que caminhou com duas pernas. Em uma analise minuciosa, eles descobriram detalhes incríveis. Eles podem afirmar que o dono da pegada não tinha garras, era bípede e possuía dedos internos que se projetavam mais longe que os exteriores.

Quando a pegada foi produzida, a ilha de Creta ainda não tinha se separado do continente grego, e o deserto do Saara ainda não era um deserto. O ambiente era do tipo savana proveniente do norte da África.

História da linhagem humana

O consenso da comunidade cientifica sobre a origem do homem na África se consolidou assim que pesquisadores localizaram restos de antepassados humanos, por volta do século XX. As analises seguintes concluíram que eles ficaram isolados na África por milhões de anos antes de começarem a migrar para Europa e a Ásia.

Contudo, não existem registros históricos que revelem com exatidão o padrão migratório dos primeiros seres humanos. Uma das formas que os cientistas usam é analisar o DNA de pessoais que possivelmente podem ser descendentes desses primeiro imigrantes e dessa entender os processos migratórios.

 

Para onde vamos? – As perspectivas para o futuro

Nós tínhamos tudo. Água em abundância, florestas, fartura de alimentos e um mundo enorme para desfrutar e viver. Aos poucos fomos querendo aumentar nossos espaços e para isso dizimamos as florestas para criar cidades, as cidades em estados e os estados em países. Nos embrenhamos pelo mundo e nos dividimos em sociedades e essas sociedades se dividiram em comunidades e assim nos distanciamos de nós mesmos.

O homem passou como um trator pelo mundo, destruindo tudo o que podia destruir para desfrutar de um progresso nocivo que avançou pelo tempo sem qualquer limite.

Hoje muitas dessas comunidades, sociedades, países, estados e cidades sofrem por tudo o que aconteceu no passado, ou melhor, por tudo o que destruímos no passado. Podemos dizer que ontem destruímos e que hoje continuamos a destruir tudo aquilo que recebemos gratuitamente.

É poluição, envenenamento das nascentes de água, desmatamentos e tantas outras coisas que inventamos para liquidar nosso sistema ambiental , nossa própria vida. Hoje muitos líderes, espalhados pelo mundo sabem que é preciso conter o ímpeto destruidor do ser humano e alargar com mais intensidade medidas que amenizem o planeta de uma destruição iminente.

De outro lado, no Brasil se insiste em “matar” cada vez mais o maior patrimônio ambiental da humanidade, a Floresta Amazônica.

Por ironia, um decreto do governo brasileiro extingue a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca) para liberar assim a exploração de minérios, principalmente o ouro. Esta reserva, pasmem, é do tamanho da Dinamarca.

A exploração de minerais, trazendo consigo grandes mineradoras coloca em risco não só o meio ambiente, mas também povos indígenas que vivem naquela área, em reservas que deveriam ser protegidas.

Não podemos permitir que governos e entidades privadas possam se utilizar do nosso meio ambiente para extrair da terra, das águas, das matas lucros exorbitantes e que em nada ajudarão o povo brasileiro e o país. Isto é apenas jogo políticos e de interesses privados. Não se pode conceber no mundo atual, tanto desrespeito para com a humanidade.

É preciso protestar, e isto não só pelos brasileiros, mas por todo o mundo civilizado, uma vez que o ato do governo brasileiro mostra que o ambiente em que vivemos não vale nada em comparação ao dinheiro fácil e os lucros exorbitantes.

O Brasil e o mundo pedem socorro.

Assim não vamos para lugar algum.