Sergio Cortes seleciona artigo sobre torção no tornozelo

Uma das principais áreas de atuação da ortopedia é a saúde dos tornozelos.

E um dos principais perigos relacionados à saúde dos tornozelos, são as torções.

É nesses momentos de distração ou de acidente, que mais podem ocorrer as chamadas torções, ou entorses no tornozelo. Devido à essa situação ser tão comum, que o médico ortopedista Sergio Cortes reporta sobre um artigo disponível na biblioteca Virtual em saúde a BVS do Ministério da Saúde.

Sergio Cortes cita o artigo sobre a saúde não só dos tornozelos, como de outras articulações, como ombros e cotovelos, mas também com a saúde da coluna vertebral, no entanto, decide noticiar a respeito dos tornozelos para início de conversa.

A Biblioteca Virtual em Saúde, tem muitas utilidades. Oferece um sistema de busca por artigos científicos e também apresenta um grande acervo catalográfico que pode auxiliar na consulta tanto do acervo físico e como do acervo virtual.

Sergio Cortes relata os sintomas descritos no artigo, e dentre eles encontram-se:

– Dor na parte de fora do tornozelo;

– Inchaço;

– E em vezes aparenta ficar roxo;

Apesar de ser um incômodo, Sergio Cortes noticia que casos de cirurgia só são necessários em casos muitos graves ou em pessoas que praticam atividades físicas de alto nível e atletas afins.

Outro ponto afim é a recuperação que em caso de orientação médica pode envolver imobilização e se divide em três principais pontos:

A recuperação dos movimentos é a primeira fase e deve ser iniciada assim que possível. Deve-se iniciar com movimentos leves, levantado o pé para cima depois descendo-o para baixo. O máximo que conseguir ser muito esforço.

Assim que o movimento tiver sido recuperado de forma plena deve-se passar para os exercícios de Recuperação da Força. Eles podem ser um pouco mais intensos, mas tudo deve ser orientado por um médico ou fisioterapeuta, conforme reporta o ortopedista Sergio Cortes.

É fato que nos exercícios de Força, podem ser usadas borrachas, e outros equipamentos que ajudem os músculos a trabalharem com mais intensidade.

Por último deve-se partir para os exercícios de recuperação do equilíbrio. É a última parte do tratamento de recuperação, pois é de extrema importância que o paciente esteja com os movimentos e sua força devidamente recuperados para evitar outros acidentes e possíveis outras lesões.

O especialista aponta que no artigo diz que os exercícios de equilíbrio podem ser usados andadores e se o paciente puder ficar apoiado apenas em um dos pés ele pode dar pequenos saltos também. Após os exercícios recomenda-se a aplicação de gelo no local da torção.

Contudo essas dicas apontadas no artigo, não devem ser a única fonte de informação para o tratamento, pois esse deve ser acompanhado por um médico especialista, bem como os exercícios de recuperação também devem ser feito com acompanhamento de profissional.

Caso haja interesse de conhecer mais sobre o assunto, vale a pena conferir o artigo completo e também explorar outros temas na Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde abaixo.

 

Fonte

 

Os filmes mais esperados para 2017

powerrangers

2017 promete ser o ano para os amantes da sétima arte, são vários lançamentos, um mais empolgante que outro, e para te deixar com curiosidade separamos uma lista com os filmes mais aguardados para o ano que se inicia.

Power Rangers

Cinco adolescentes percebem que o mundo está à beira de um imensurável ataque alienígena. Mas o destino reserva boas coisas para eles, incluindo a chance para salvar o mundo. Você já deve imaginar que estamos falando de “Power Rangers”, que está prestes a voltar para os cinemas com a missão mais difícil de todos os tempos.

Data da estreia no Brasil: 23 de março

Velozes e Furiosos 8

A oitava etapa de “Velozes e Furiosos” traz Vin Diesel novamente ao comando de máquinas potentes em cenários alucinantes. Muita velocidade, corridas clandestinas e intrigas por toda a parte… Assim é o novo filme da franquia — que é também o primeiro sem a presença do antigo protagonista Paul Walker.

Data da estreia no Brasil: 13 de abril

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar

Johnny Depp dá vida novamente ao pirata Jack Sparrow, que agora precisa encontrar nada menos do que o tridente do deus Poseidon para controlar o mar. Somente assim ele pode impedir o Capitão Salazar de dominar piratas-fantasmas e matar todos que cruzarem seu caminho.

Data da estreia no Brasil: 25 de maio

Mulher-Maravilha

Diana Prince (líder-máxima das Amazonas) foi treinada na ilha em que nasceu e por toda a vida foi moldada para a guerra. Quando um piloto cai em sua ilha, ela descobre que um grande conflito se espalha pelo mundo e decide enfrentar a todos para acabar de uma vez por todas com o caos que assola a Terra.

Data da estreia no Brasil: 1º de junho

Meu Malvado Favorito 3

Gru e suas amadas Agnes, Edith e Margo estão novamente com os minions em mais uma aventura de animação que promete arrancar muitas risadas de todos os espectadores. Dessa vez, Gru precisa enfrentar um antigo astro infantil frustrado e seu irmão gêmeo, Dru, que estava perdido há anos.

Data da estreia no Brasil: 29 de junho

Spider-Man: De Volta ao Lar

Cerca de um ano depois da Guerra Civil, Peter Parker ganha a ajuda de Tony Stark para controlar seus poderes. Ao mesmo tempo, ele precisa balancear a vida dupla que se divide entre ser um estudante adolescente e um super-herói que luta contra o crime em Nova York.

Data da estreia no Brasil: 6 de julho

Carros 3

Relâmpago McQueen já foi o campeão mais amado do mundo, mas em uma prova disputadíssima ele acaba sofrendo um grave acidente e vê sua vida mudando completamente. Será que os estragos podem afastá-lo para sempre das pistas?

Data da estreia no Brasil: 13 de julho

 

Confira a lista completa em http://www.guiadasemana.com.br/cinema/noticia/lancamentos-de-filmes-em-2017

 

200 mil pessoas abandonam o Uber nos Estados Unidos

uber logo

Milhares de pessoas cancelaram seus cadastros e excluíram o aplicativo Uber de seus celulares só nos Estados Unidos. O boicote ao aplicativo se iniciou assim que o CEO Travis kalanick decidiu aceitar publicamente o pedido do Presidente Trump para que integre seu seleto grupo de assessores econômicos.

O Uber é hoje em dia um dos aplicativos mais usados no mundo, e também o que teve um crescimento mais rápido, sendo utilizado a nível mundial. Hoje em dia mais de 7 anos após a sua criação a empresa americana é avaliada em mais de 20 milhões de dólares, e conta com investidores de grande peso, Google e Goldman Sachs.

No mês passado Travis Kalanick publicamente aceitou um cargo político junto com outros bem-sucedidos empresários americanos. Sua decisão causou um grande alvoroço, milhares de usuários no facebook e no twitter começaram a compartilhar as hashtags #BoycottUber e #DeleteUber. Desde então cerca de 200 mil pessoas somente nos EUA abandonaram o aplicativo.

O motivo da revolta é a falta de apoio popular em relação as medidas de imigração. Presidente Trump sancionou um decreto que impede a entrada no país de imigrantes vindos de 7 países considerados de maioria muçulmana. Inúmeros protestos já vinham acontecendo na costa leste e oeste do país, e a declaração do CEO da Uber veio para aflorar mais ainda os nervos da população democrática.

Quinta feira dia 2 de fevereiro Travis publicou uma nova declaração afirmando que havia recusado o convite do Presidente. A nota afirma que o posicionamento político de Travis poderia estar no caminho das mudanças no decreto de imigração, e que a empresa Uber iria criar um fundo filantrópico de 3 milhões de dólares para ajudar todo e qualquer imigrante ou refugiado que dirija para a Uber.

Travis Cordell Kalanick é um dos co-fundadores do Uber. Em 2001 lançou seu primeiro projeto digital, um site de compartilhamento de arquivos peer-to-peer chamado Red Swosh que acabou não dando muito certo. Travis entrou em 2014 para a lista dos 400 americanos mais ricos do mundo pela Forbes, na posição 290. De acordo com a reportagem da revista, o empresário possui um patrimônio de aproximadamente 6 bilhões de dólares.

 

 

Shoppings registraram balanço positivo em João Pessoa, por Roberto Santiago

Apesar da crise financeira ter afetado empresas dentro e fora do país, um segmento destacou-se de modo positivo. Trata-se do setor que compreende os shopping centers. Somente no ano de 2015, o crescimento dessa modalidade de negócio foi de 6,5% em todo o Brasil. Na Paraíba, sobretudo em João Pessoa, o empreendimento Manaíra é um reflexo dessa boa fase. De propriedade do empresário Roberto Santiago, o local tem aquecido a economia regional.

A Associação Brasileira de Shopping Centers, por meio de um estudo que realizou há aproximadamente 2 anos, constatou que houve um faturamento de cerca de R$ 150 bilhões no segmento. O levantamento contou com a parceria do GEU (Grupo de Estudos Urbanos). Com os dados obtidos, conclui-se que o setor promete desenvolver-se ainda mais, uma vez que 538 centros voltados ao comércio estavam em funcionamento, além de vários outros prestes a serem entregues.

Alguns fatores explicam a importância dessa modalidade de empreendimento para a sociedade. Com o aumento do número de empregos, a tarefa de erradicar o desemprego foi iniciada, ao passo que o grande número de trabalhadores contribuiu para movimentar o comércio local. A pesquisa mostrou que dos quase 1 milhão de colaboradores da área, 54 mil ingressaram no trabalho em 2015, constituindo importante elemento da cadeia de comercialização de mercadorias e prestação de serviços.

Ficando em segundo lugar no ranking de desenvolvimento do segmento, a região nordeste registrou grandes avanços e destacado potencial empreendedor para esse filão da economia. Somente o Sudeste conseguiu alcançar números econômicos mais expressivos. Na capital paraibana, por exemplo, grande parte dos bons resultados se deve a estabelecimentos da mesma categoria que o Manaíra Shopping de Roberto Santiago, onde há uma vasta diversidade de lojas, áreas para o entretenimento, dentre outras coisas.

Os percentuais mostraram-se favoráveis ao crescimento do comércio e isso influenciou o comportamento dos empresários paraibanos como Roberto Santiago. A confiança no setor foi o principal fator para que houvessem investimentos nos empreendimentos. De acordo com o estudo, 40% dos gestores de shoppings diziam-se confiantes quanto à expansão esperada para o ano seguinte ao da realização do levantamento. Outros 60% acreditavam que os revezes econômicos não afetariam as compras e as demais atividades.

O estado da Paraíba é composto por cinco grandes centros de comércio, sendo o Manaíra Shopping considerado o de maior expressividade. Para Rafaella Barros, que gerencia a área de marketing do estabelecimento de Roberto Santiago, é necessário que os empreendimentos desse setor se aprimorem constantemente no que se refere ao modo como oferecem serviços ou produtos.

O shopping de Roberto Santiago possui espaço voltado à locação estipulado em 75 mil metros quadrados e abriga academia, faculdade, casa de espetáculos e outros serviços de interesse da comunidade.

Se por parte dos comerciantes houve confiança no setor, com os consumidores não foi diferente.

Apenas no Manaíra Shopping, houve a presença de 2 milhões de pessoas no ano em que a pesquisa foi aplicada. Com mais dinheiro circulando pelo local, o aumento da lucratividade do comércio foi uma realidade observada. Rafaella Barros acredita que isso se deve à estabilidade que o segmento apresentou nos últimos anos.

 

 

São Paulo fecha parceria para receber medicamentos gratuitos

Depois da prefeitura afirmar que vai fechar as farmácias em seus postos de saúde, o prefeito João Doria noticiou em entrevista que 165 tipos de remédios serão distribuídos nas farmácias particulares de São Paulo. Decisão foi tomada depois do município conseguir firmar um acordo com 12 empresas da indústria farmacêutica.

A medida faz parte do projeto de Doria que visa firmar diferentes parcerias com a rede privada para conseguir através de doações melhorar diversos setores em carência da cidade mais populosa do país.

João Doria confirmou que já fechou cerca de 10 acordos diferentes que receberão financiamento privado. Entre eles a limpeza da Ponte Estaiada e a reforma dos banheiros públicos no Parque Ibirapuera.

Em pronunciamento realizado pelo secretário da saúde Wilson Pollara e pelo prefeito Doria, ficou noticiado que para a realização da medida o governo estadual concederia a isenção da taxa de ICMS (imposto sobre a circulação de mercadorias e serviços). Em resposta, a Secretaria da Fazenda afirmou que não sabe a quantidade de remédio que será doada, portanto não faz ideia de quanto deixará de arrecadar aos cofres públicos com a isenção.

Pollara afirmou que o método burocrático brasileiro dificulta muito o bom funcionamento do sistema de saúde. Comprar os medicamentos é muito complicado e existem muitas falhas na entrega do produto. Por esses e outros motivos é muito difícil encontrar os remédios nas farmácias públicas. O novo projeto procura facilitar tudo. Fidelizar parcerias com o município, tornando principalmente as empresas paulistanas mais participativas no processo de transformação da cidade.

Um dos motivos da mudança é tentar economizar recursos públicos. Com o fechamento das farmácias públicas, o município não terá mais que arcar com a distribuição, ficando a cargo das empresas farmacêuticas.

Jornalistas afirmam que o modelo é uma releitura do programa Farmácia Popular criado em 2004 durante o primeiro governo Lula. O programa procurava inicialmente ajudar o cidadão a obter os medicamentos para as doenças mais comuns através de um preço mais acessível.

Com todas as dificuldades que a cidade de São Paulo tem enfrentado, fazer com que empresas privadas patrocinem alguns dos inúmeros gastos se tornou o carro chefe do gerenciamento Doria.

João Doria é um empresário e comunicador paulistano de sucesso que já trabalhou na antiga TV Tupi e na rede Bandeirantes de televisão.

Os medicamentos devem chegar as farmácias particulares a partir do dia 20 de fevereiro.

Conheça o jovem africano que venceu um acirrado campeonato de programação da gigante Google

Um adolescente de Camarões foi o vencedor de um disputado concurso realizado pela empresa Google. O torneio de programação teve abrangência internacional e conferiu a Nji Collins Gbah, vitória na edição de 2017. O jovem chamou a atenção do mundo pela série de dificuldades que conseguiu enfrentar, deixando para trás muitos outros competidores que teoricamente teriam mais chances de vencer. O principal desafio foi conseguir acessar vá internet, uma vez que em seu país há proibição por parte da atual gestão.

 

Sob a alegação de que haveria a necessidade de impedir manifestações contra a atual administração de Camarões, o governo local proibiu o acesso à rede mundial de computadores em áreas do país onde se fala a língua inglesa. Segundo o chefe de estado, a medida coibiria qualquer tentativa de desmoralizá-lo publicamente com mensagens de protesto ao seu estilo de atuação política. Protestando desde outubro de 2016, alguns habitantes registram queixas de preconceito contra quem fala o idioma.

 

Gbah, no entanto, resolveu procurar uma região onde pudesse acessar livremente a rede. Foi em Bafoussam, uma localidade cuja língua falada é o francês, que o garoto conseguiu realizar sua inscrição na competição, além de concluir todas as atividades estipuladas pela Google. De acordo com o jovem africano, a empresa requisitava que os competidores tivessem conhecimentos técnicos básicos sobre a utilização de alguns softwares , bem como aspectos de programação.

 

O pai do adolescente inicialmente não mostrava-se satisfeito com o grande interesse que o filho demonstrava pela internet, principalmente por achar que ele desperdiçava muito tempo, deixando de fazer as tarefas de sua responsabilidade. Em algumas ocasiões ele disse ter escondido o computador para que Gbah não o utilizasse com tanta frequência, deixando o aparelho trancado em um lugar de difícil acesso onde o jovem não pudesse entrar.

 

A vitória de Gbah acabou comovendo o pai, que disse estar arrependido de ter sido austero com o garoto e agora manifesta orgulho pela determinação do filho. Vencido mais este desafio, o adolescente tornou-se referência para os demais jovens do seu país. Ele disse acreditar que, quando se tem um objetivo em mente, deve-se ir adiante, mesmo que tenha que se lidar com muitas dificuldades, sobretudo se o intento trouxer promessas de benefícios. Atteh Francis, um conterrâneo do menino, afirma que outras pessoas perdem oportunidades por conta do bloqueio imposto pelo governo.

 

Quanto aos planos para o futuro, Gbah alegou que deseja cursar Ciência da Computação. Já os governantes de Camarões estão irredutíveis em relação ao fato de terem proibido a utilização da internet no local. Libom Li Likeng, atual ministro do setor de telecomunicações do país, mesmo percebendo algumas vantagens do emprego da rede, manteve a proibição, pois para ele, muitos habitantes não fazem uso devido da internet.

 

Saiba mais:

https://noticias.terra.com.br/adolescente-de-camaroes-vence-competicao-da-google,7283a94435dd7467d7831b2319d921fbzlwg4u1k.html

 

 

A importância dos filmes para as campanhas publicitárias, por Alexandre Gama

Com o aprimoramento e a expansão dos meios digitais, há no mercado da publicidade a discussão acerca do futuro do emprego de filmes nas campanhas. Para o empresário Alexandre Gama, fundador da agência Neogama, o formato ainda deverá ser largamente utilizado, uma vez que as pessoas apreciam que lhes contem histórias. Segundo ele, o consumidor não sente a necessidade de interagir a todo momento com o que é exposto, estando aberto aos trabalhos que lhe permita a condição de espectador.

Alexandre Gama acredita em um cenário onde diversos tipos de mídias se complementem, refutando a ideia de que haverá qualquer tipo de substituição no que se refere aos filmes. O publicitário aponta para a atual situação do segmento da publicidade e enfatiza que o formato possui grande importância para que vários tipos de trabalho sejam realizados com sucesso. O empresário é conhecido pela larga experiência que possui, sobretudo internacionalmente, onde já esteve à frente de grandes agências e organizações, como a BBH, de origem inglesa, além de ser o único cidadão brasileiro a integrar o Global Creative Board do Publicis Groupe.

Atento às constantes inovações tecnológicas, Alexandre Gama mostra-se aberto ao aprimoramento da publicidade. Embora acredite que os filmes tenham grande poder nas campanhas, ele não dispensa a utilização de outras formas de mídia. De acordo com suas convicções, o empresário é defensor de um modo de trabalho onde o que é novo aprimore o que for considerado tradicional, aumentando as possibilidades de alcance do público. Ele ainda acrescentou que é preciso haver um comportamento voltado à superação de tudo o que for proposto a ser feito.

O empresário mostra-se, contudo, firme quanto ao posicionamento frente aos modos existentes de produção. Ele é avesso a classificar os trabalhos de acordo com seu caráter digital. Para o publicitário, o que deve ser transmitido ao público não sofrerá modificações, apenas alguns ajustes. Conforme acredita, a internet continuará contribuindo para aumentar a dimensão das campanhas ao longo dos anos, constituindo um importante meio para as agências de todas as modalidades, pois trata-se de algo fundamental para vários tipos de produções.

Além de empresário, Alexandre Gama ocupou a posição de jurado do Festival de Publicidade de Cannes, onde pôde conferir a qualidade de diversos trabalhos realizados em todo o mundo. A performance do Brasil, no entanto, ainda deve ser melhorada, já que quando elaborados almejam um resultado imediato. Segundo o publicitário, é imprescindível que se tenha uma postura de colher os benefícios em um período de tempo maior, da mesma forma como ocorre em outras culturas.

Diversos critérios são analisados para que um trabalho se consagre vencedor em alguma categoria do festival. Conhecido como “Leão de Ouro”, o troféu é entregue aos profissionais que passarem pelo crivo dos jurados. Alexandre Gama destaca que a parte técnica é minuciosamente avaliada, mas a criatividade costuma ser determinante para que uma produção se destaque perante as demais e vença a disputa. Ele ainda ressalta que é preciso de fato que haja uma grande superação de ideias, constituindo algo surpreendente aos olhos dos exigentes avaliadores.

Advogar é arte para poucos

Atualmente na realidade brasileira muito se indaga sobre a veracidade do poder judiciário, nossa sociedade vive tempos difíceis, voltando até mesmo á lógica primitiva de que ganha quem for mais forte. Se torna uma tarefa árdua advogar em meio a tantas conturbações. Advogar é com certeza uma arte para poucos. Qualquer um pode cursar direito, mas apenas uma minoria sabe o que significa ser um transmissor da lei. É preciso conciliar de maneira plena o equilíbrio e a justiça. É uma arte sublime e indescritível, que jamais deve visar lucros, mas sim resultados. Visando resultados, o advogado perceberá que o caminho é muito mais importante que a própria chegada. Que os honorários só valerão a pena diante de um trabalho realizado com disciplina, verdade e respeito ao seu cliente. De nada vale um advogado que promete ao seu cliente trazer-lhe o sol, se somente a lua seria possível. A fama do advogado é feita por clientes fiéis, e a única forma de consegui-lós é ser transparente. Na atualidade advogar se tornou um desafio enorme, mas que é recompensado pelos sorrisos das pessoas que são beneficiadas através de um bom advogado. Nem sempre o advogado vai obter êxito, muitas vezes ele também perderá, o que importa é que ele faça o que estiver ao seu alcance e aprenda com seus erros. Jamais um advogado pode se acomodar, é fundamental que sempre busque se aprimorar, para a satisfação dos seus clientes e seu crescimento profissional e pessoal. Um bom advogado sabe quando deve recuar e quando deve atacar. Todos merecem ser defendidos, possuem esse direito. Defendidos com qualidade. Um advogado de respeito é um advogado que leva os princípios éticos a serio e os usa em seu dia a dia. Existem muitos advogados formados no Brasil, entretanto uma quantidade pequena de advogados que seguem a risca o Estatuo da Ordem dos Advogados. Advogar é arte e nem todos são artistas. Muito mais que buscar lucro, o advogado deve buscar satisfazer-se com seu trabalho. Respeito ao cliente é de extrema importância.Ser claro e franco sobre suas reais possibilidades e consequências. Um bom advogado é acima de tudo honesto. Leia mais acessando aqui

Adele é destaque em celebração da música no Grammy 2017

adele_grammy

Aconteceu no domingo (12), a 59ª edição do Grammy Awards, no Staples Center em Los Angeles, uma das maiores celebrações do mundo musical. O evento foi apresentado por James Corden, conhecido pelo quadro de TV, Carpool Karaoke. A noite foi marcada por belas performances de grandes artistas.

A noite foi marcada por duas grandes divas que estavam concorrendo aos principais prêmios da noite, Beyoncé (35) e Adele (28). Adele estava concorrendo a 5 prêmios, juntando com Beyoncé, sua principal “rival” e a britânica conseguiu levar todos os prêmios em que concorreu.

Adele, apesar de ter ganho da sua “rival”, não deixou que isso influenciasse a relação das duas divas. A diva britânica não deixou de agradecer a Beyoncé pelo belo álbum Lemonade que acabou revelando um lado da artista que, até então, “foi tão monumental, bem pensado e tão bonito”, disse Adele.

As categorias principais da noite foram “Álbum do Ano”, “Música do Ano” e “Gravação do Ano”. O álbum “25” de Adele e “Lemonade” de Beyoncé, foram os mais celebrados da noite, deixando ainda mais as duas divas em evidência no cenário musical global.

Um dos grandes artistas que podemos ver durante a sua história, foi David Bowie. Bowie faleceu em 10 de janeiro de 2016 e teve seus primeiros prêmios ganhos no Grammy 2017, cerca de 1 anos depois de sua morte. O álbum premiado da noite foi o Blackstar.

As categorias que o artista britânico ganhou na noite de premiação foram de “Performance Rock”, “Canção de Rock” e “Álbum de Música Alternativa. Esses prêmios, marcaram a carreira desse grande artista, mesmo que anteriormente não havia ganho em nenhuma categoria desde o começo da sua carreira.

Bowie também foi o escolhido nas categorias de “Melhor Pacote de Gravação”, prêmio compartilhado com o diretor artístico Jonathan Barnbrook, e “Melhor Produção de Álbum não Clássico, junto com Tom Elmhirst, Kevin Killen, Tony Visconti e Joe Laporta, ambos pelo disco Blackstar.

Como a noite foi marcada pela Adele, vencedora de todas a categorias em que participou, também teve sua apresentação em destaque. A cantora estava visivelmente emocionada e fora tom, quando fazia uma homenagem ao cantor George Michael, que faleceu no dia 25 de dezembro de 2016.

Mesmos com os erros na apresentação, Adele pediu para repetir a música Fast Love para que pudesse fazer da melhor forma possível, para que a homenagem não fosse “estragada” por esse erro. Após ter recomeçado a sua apresentação, a cantora recebeu aplausos de todos que estavam presentes no evento.

Mais uma edição do Grammy Awards foi marcado por grandes artistas que afirmaram ainda mais o seu talento como Beyoncé e Adele, além de ter sido marcado com homenagens a grandes músicos como George Michael e David Bowie, que marcaram uma era e nos brindaram com suas músicas.

 

 

Vitória do ZH Ouro na Behance 2016 é lembrada por Duda Melzer

Recentemente, mais uma vitória foi conquistada por uma empresa pertencente ao Grupo RBS, do qual Duda Melzer é presidente e chairman, pois o Zero Hora venceu a categoria Web Design do Behance Review 2016. Essa posição de destaque foi alcançada graças ao especial digital intitulado ZH Ouro, que foi lançado durante o mês de agosto do ano passado, com a finalidade de tratar da Olimpíada do Rio de Janeiro, mais precisamente elucidar dúvidas sobre os esportes do Jogos que se veria durante a Olimpíada.

Ainda que fique evidente a relevância da premiação, nem todos saberão do que se trata, por isso mesmo que Duda Melzer lembra detalhes sobre o Behance. Afinal, esse notório site é na verdade um portfólio online, sendo que sua notoriedade se dá em grande parte por ter ele, em média, 15 vezes mais acessos que a soma dos que têm todos os outros sites do ramo. Explicando melhor a ideia de “portfólio online”, dá para resumir que é o local onde não só empresas mas também pessoas publicam seus melhores projetos, numa frequência diária. E eles fazem isso também porque muitos dos que visitam o site são grandes empresas, a exemplo da Nike, Adobe, Apple e Google, em busca de designers talentosos para participarem dos seus respectivos projetos.

Sobre a premiação, Duda Melzer, que é também chairman e fundador da e.Bricks (empresa de outro ramo, o de investimentos no setor digital, atuante em nosso país e nos EUA), reporta o fato de que a seleçõ desses destaques anuais, por parte do Behance, é feita por um grupo de especialistas de diversas áreas da Adobe americana, como a de inovação, web, criação e design. E o projeto que vence uma das categorias, recebendo o selo Behance, seja nessa categoria de Webdesign mesmo, seja nas de Photography, Ilustration, Direction, Branding, Advertising ou Make up, ganha a partir daí uma relevância internacional.

Já quanto ao ZH Ouro especificamente, esse destaque de Web Design, Duda Melzer reporta ter sido, ainda que um trabalho originalmente da editoria de arte, fruto do trabalho coletivo de profissionais de várias áreas, incluindo não só os de programação e de web, mas também os da Redação do jornal. Assim, Leonardo Azevedo, que é o designer de ZH, diz terem ficado satisfeitos com o resultado de destaque de 2016, dada a concorrência que tiveram com milhões de projetos.

Para o aprofundamento da notícia, Duda Melzer do Grupo RBS (conglomerado de mídia QUE É proprietário de marcas de entretenimento e jornalismo no sul do país) traz uma descrição mais detalhada sobre como foram feitas não só a programação do ZH Ouro, mas também as animações, que foram vistas como inovadoras. No site do projeto, o usuário poderia escolher um dos esportes presentes nos Jogos e então lhe seriam apresentadas todas as características desse que foi escolhido. Em relação ao guia que servia para o acompanhamento da Olimpíada, seu desenvolvimento se deu por meio de pesquisa e levantamento de dados, que foram então realizados pela editoria de esportes do mesmo jornal.