Os filmes mais esperados para 2017

powerrangers

2017 promete ser o ano para os amantes da sétima arte, são vários lançamentos, um mais empolgante que outro, e para te deixar com curiosidade separamos uma lista com os filmes mais aguardados para o ano que se inicia.

Power Rangers

Cinco adolescentes percebem que o mundo está à beira de um imensurável ataque alienígena. Mas o destino reserva boas coisas para eles, incluindo a chance para salvar o mundo. Você já deve imaginar que estamos falando de “Power Rangers”, que está prestes a voltar para os cinemas com a missão mais difícil de todos os tempos.

Data da estreia no Brasil: 23 de março

Velozes e Furiosos 8

A oitava etapa de “Velozes e Furiosos” traz Vin Diesel novamente ao comando de máquinas potentes em cenários alucinantes. Muita velocidade, corridas clandestinas e intrigas por toda a parte… Assim é o novo filme da franquia — que é também o primeiro sem a presença do antigo protagonista Paul Walker.

Data da estreia no Brasil: 13 de abril

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar

Johnny Depp dá vida novamente ao pirata Jack Sparrow, que agora precisa encontrar nada menos do que o tridente do deus Poseidon para controlar o mar. Somente assim ele pode impedir o Capitão Salazar de dominar piratas-fantasmas e matar todos que cruzarem seu caminho.

Data da estreia no Brasil: 25 de maio

Mulher-Maravilha

Diana Prince (líder-máxima das Amazonas) foi treinada na ilha em que nasceu e por toda a vida foi moldada para a guerra. Quando um piloto cai em sua ilha, ela descobre que um grande conflito se espalha pelo mundo e decide enfrentar a todos para acabar de uma vez por todas com o caos que assola a Terra.

Data da estreia no Brasil: 1º de junho

Meu Malvado Favorito 3

Gru e suas amadas Agnes, Edith e Margo estão novamente com os minions em mais uma aventura de animação que promete arrancar muitas risadas de todos os espectadores. Dessa vez, Gru precisa enfrentar um antigo astro infantil frustrado e seu irmão gêmeo, Dru, que estava perdido há anos.

Data da estreia no Brasil: 29 de junho

Spider-Man: De Volta ao Lar

Cerca de um ano depois da Guerra Civil, Peter Parker ganha a ajuda de Tony Stark para controlar seus poderes. Ao mesmo tempo, ele precisa balancear a vida dupla que se divide entre ser um estudante adolescente e um super-herói que luta contra o crime em Nova York.

Data da estreia no Brasil: 6 de julho

Carros 3

Relâmpago McQueen já foi o campeão mais amado do mundo, mas em uma prova disputadíssima ele acaba sofrendo um grave acidente e vê sua vida mudando completamente. Será que os estragos podem afastá-lo para sempre das pistas?

Data da estreia no Brasil: 13 de julho

 

Confira a lista completa em http://www.guiadasemana.com.br/cinema/noticia/lancamentos-de-filmes-em-2017

 

200 mil pessoas abandonam o Uber nos Estados Unidos

uber logo

Milhares de pessoas cancelaram seus cadastros e excluíram o aplicativo Uber de seus celulares só nos Estados Unidos. O boicote ao aplicativo se iniciou assim que o CEO Travis kalanick decidiu aceitar publicamente o pedido do Presidente Trump para que integre seu seleto grupo de assessores econômicos.

O Uber é hoje em dia um dos aplicativos mais usados no mundo, e também o que teve um crescimento mais rápido, sendo utilizado a nível mundial. Hoje em dia mais de 7 anos após a sua criação a empresa americana é avaliada em mais de 20 milhões de dólares, e conta com investidores de grande peso, Google e Goldman Sachs.

No mês passado Travis Kalanick publicamente aceitou um cargo político junto com outros bem-sucedidos empresários americanos. Sua decisão causou um grande alvoroço, milhares de usuários no facebook e no twitter começaram a compartilhar as hashtags #BoycottUber e #DeleteUber. Desde então cerca de 200 mil pessoas somente nos EUA abandonaram o aplicativo.

O motivo da revolta é a falta de apoio popular em relação as medidas de imigração. Presidente Trump sancionou um decreto que impede a entrada no país de imigrantes vindos de 7 países considerados de maioria muçulmana. Inúmeros protestos já vinham acontecendo na costa leste e oeste do país, e a declaração do CEO da Uber veio para aflorar mais ainda os nervos da população democrática.

Quinta feira dia 2 de fevereiro Travis publicou uma nova declaração afirmando que havia recusado o convite do Presidente. A nota afirma que o posicionamento político de Travis poderia estar no caminho das mudanças no decreto de imigração, e que a empresa Uber iria criar um fundo filantrópico de 3 milhões de dólares para ajudar todo e qualquer imigrante ou refugiado que dirija para a Uber.

Travis Cordell Kalanick é um dos co-fundadores do Uber. Em 2001 lançou seu primeiro projeto digital, um site de compartilhamento de arquivos peer-to-peer chamado Red Swosh que acabou não dando muito certo. Travis entrou em 2014 para a lista dos 400 americanos mais ricos do mundo pela Forbes, na posição 290. De acordo com a reportagem da revista, o empresário possui um patrimônio de aproximadamente 6 bilhões de dólares.

 

 

Shoppings registraram balanço positivo em João Pessoa, por Roberto Santiago

Apesar da crise financeira ter afetado empresas dentro e fora do país, um segmento destacou-se de modo positivo. Trata-se do setor que compreende os shopping centers. Somente no ano de 2015, o crescimento dessa modalidade de negócio foi de 6,5% em todo o Brasil. Na Paraíba, sobretudo em João Pessoa, o empreendimento Manaíra é um reflexo dessa boa fase. De propriedade do empresário Roberto Santiago, o local tem aquecido a economia regional.

A Associação Brasileira de Shopping Centers, por meio de um estudo que realizou há aproximadamente 2 anos, constatou que houve um faturamento de cerca de R$ 150 bilhões no segmento. O levantamento contou com a parceria do GEU (Grupo de Estudos Urbanos). Com os dados obtidos, conclui-se que o setor promete desenvolver-se ainda mais, uma vez que 538 centros voltados ao comércio estavam em funcionamento, além de vários outros prestes a serem entregues.

Alguns fatores explicam a importância dessa modalidade de empreendimento para a sociedade. Com o aumento do número de empregos, a tarefa de erradicar o desemprego foi iniciada, ao passo que o grande número de trabalhadores contribuiu para movimentar o comércio local. A pesquisa mostrou que dos quase 1 milhão de colaboradores da área, 54 mil ingressaram no trabalho em 2015, constituindo importante elemento da cadeia de comercialização de mercadorias e prestação de serviços.

Ficando em segundo lugar no ranking de desenvolvimento do segmento, a região nordeste registrou grandes avanços e destacado potencial empreendedor para esse filão da economia. Somente o Sudeste conseguiu alcançar números econômicos mais expressivos. Na capital paraibana, por exemplo, grande parte dos bons resultados se deve a estabelecimentos da mesma categoria que o Manaíra Shopping de Roberto Santiago, onde há uma vasta diversidade de lojas, áreas para o entretenimento, dentre outras coisas.

Os percentuais mostraram-se favoráveis ao crescimento do comércio e isso influenciou o comportamento dos empresários paraibanos como Roberto Santiago. A confiança no setor foi o principal fator para que houvessem investimentos nos empreendimentos. De acordo com o estudo, 40% dos gestores de shoppings diziam-se confiantes quanto à expansão esperada para o ano seguinte ao da realização do levantamento. Outros 60% acreditavam que os revezes econômicos não afetariam as compras e as demais atividades.

O estado da Paraíba é composto por cinco grandes centros de comércio, sendo o Manaíra Shopping considerado o de maior expressividade. Para Rafaella Barros, que gerencia a área de marketing do estabelecimento de Roberto Santiago, é necessário que os empreendimentos desse setor se aprimorem constantemente no que se refere ao modo como oferecem serviços ou produtos.

O shopping de Roberto Santiago possui espaço voltado à locação estipulado em 75 mil metros quadrados e abriga academia, faculdade, casa de espetáculos e outros serviços de interesse da comunidade.

Se por parte dos comerciantes houve confiança no setor, com os consumidores não foi diferente.

Apenas no Manaíra Shopping, houve a presença de 2 milhões de pessoas no ano em que a pesquisa foi aplicada. Com mais dinheiro circulando pelo local, o aumento da lucratividade do comércio foi uma realidade observada. Rafaella Barros acredita que isso se deve à estabilidade que o segmento apresentou nos últimos anos.